“A educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda.

Paulo Freire

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

CASOS PARTICULARES DE CONCORDÂNCIA NOMINAL

Casos Particulares de Concordância Nominal

É proibido – É bom – É preciso – É necessário – É permitido

Essas expressões, formadas por um verbo mais um adjetivo, ficam invariáveis se o substantivo a que se referem possuir sentido genérico (não vir precedido de artigo).

É proibido entrada de animais.
Em certos momentos, é
 necessário cuidado.
No verão, abacaxi é
 bom.
É
 preciso cidadania.
Não é
 permitido entrada pela porta lateral.
Quando o sujeito dessas expressões estiver determinado por artigos, pronomes ou adjetivos, tanto o verbo como o adjetivo concordam com ele.
É proibida a entrada de animais.
Esta
 fruta é ótima.
A
 paz é necessária.
São
 precisas várias medidas no país.

Obrigado – Quite – Próprio – Anexo – Mesmo - Incluso

Essas palavras adjetivas concordam em gênero e número com o substantivo ou pronome a que se referem. Observe:
Seguem anexas as documentações solicitadas.
A mulher falou: - Muito
 obrigada.
Muito
 obrigadas, disseram as senhoras, nós mesmas faremos isso.
Seguem
 inclusos os documentos solicitados.
Já lhe paguei o que estava devendo: estamos
 quites.

Bastante – Caro – Barato - Longe
Essas palavras são invariáveis quando funcionam como advérbios. Concordam com o nome a que se referem quando funcionam como adjetivos, pronomes adjetivos, ou numerais.

As dançarinas estavam bastante cansadas. (advérbio)
 bastantes pessoas insatisfeitas com o trabalho. (pronome adjetivo)
Nunca pensei que o estudo fosse tão
 caro. (advérbio)
As casas estão
 caras. (adjetivo)
Achei
 barato este sapato.(advérbio)
Hoje as verduras estão
 baratas. (adjetivo)
"Vais ficando
 longe de mim como o sono, nas alvoradas." (Cecília Meireles) (advérbio)
"Levai-me a esses
 longes verdes, cavalos de vento!" (Cecília Meireles). (adjetivo)

Meio - Meia

A palavra "meio", quando empregada como adjetivo, concorda normalmente com o nome a que se refere.

Pedi meia cerveja e meia porção de batatinha frita.
Quando empregada como advérbio (modificando um adjetivo) permanece invariável.
A debutante está meio nervosa.

Alerta – Menos

Essas palavras são advérbios, portanto, permanecem sempre invariáveis.

Os escoteiros estão sempre alerta.
Carolina tem
 menos bonecas que sua amiga.




Só – Sós

Quando funciona como adjetivo, é sinônimo de sozinho, concordando sempre com o nome a que se refere.

Os pais saíram e a criança ficou .
                                           sozinha

Os pais saíram, então as crianças ficaram sós.
                                                         sozinhas

Quando indica somente, é advérbio, permanecendo invariável.

Quero um pouco de sossego.
      somente


Possível

Em frases enfáticas, como o mais, o menos, o melhor, o pior, as mais, os menos, as melhores, os piores, a palavra possível concordará com o artigo, que pode concordar com o substantivo ou ficar invariável, masculino singular.

O atleta correu o mais rápido possível.
Antes da prova ele fez exercícios o menos desgastantes possível.
Fez a melhor prova possível.
Eles foram os mais rápidos possíveis.
Seus treinos foram os menos puxados possíveis.
Suas condições eram as melhores possíveis.

5 comentários:

  1. Estou estudando para uma prova classificatória numa escola profissionalizante , adorei seu blog. Parabéns por sua iniciativa. MUITO OBRIGADO, me ajudou bastante. Farei também um blog expondo oque sei na minha área, com certeza também ajudará alguém. Bernardo.

    ResponderExcluir