“A educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda.

Paulo Freire

quarta-feira, 9 de março de 2011

EXERCÍCIOS - ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS


  1. Leia este poema:

Cantiga pra não morrer


Quando você for embora,
moça branca como a neve,
me leve.

Se acaso você não possa
me carregar pela mão,
menina branca de neve,
me leve no coração.

Se no coração não possa
por acaso me levar,
moça de sonho e de neve,
me leve no seu lembrar.

E se aí também não possa
por tanta coisa que leve
já viva em seu pensamento,
menina branca de neve,
me leve no esquecimento.

Moça de sonho e de neve,
me leve no esquecimento.


Composição: Ferreira Gullar

Observe a primeira estrofe do poema.

a)      Identifique a conjunção subordinativa no primeiro verso do poema.

b)      Que circunstância essa conjunção exprime nessa situação?

c)      Retire da segunda estrofe uma oração subordinativa.

d)     Que circunstância expressa a oração “Se no coração não possa”?


  1. Ligue as orações a seguir acrescentando a uma delas a ideia de causa. Evite repetir as conjunções. Veja o exemplo:

A moça não foi aceita naquela empresa. Não tinha concluído o curso.
A moça não foi aceita naquela empresa, já que não tinha concluído o curso.
Já que não tinha concluído o curso, a moça não foi aceita naquela empresa.

a)      As barragens das fazendas estão cheias. Há vários dias chove bastante.

b)      O rapaz está feliz. Foi aprovado naquele concurso.

c)      Havia treinado muito. Chegou em primeiro lugar.

d)     O está em festa. Comemora o carnaval.


  1. Ligue as orações a seguir, acrescentado a uma delas a ideia de consequência. Veja o exemplo:
A calçada estava molhada. O menino caiu.
A calçada estava tão molhada que o menino caiu.

a)      A torre da igreja era muito alta. Avistava-se os vilarejos.

b)      Aquele livro trazia muita informação. Às vezes o aluno confundia os assuntos.

c)      O concurso era de alto nível. Poucos candidatos foram aprovados.


  1. Leia esta tira:










a)      Quantas orações há na fala da zebra no 1º quadrinho?

b)      Qual é a conjunção que liga essas orações?

c)      Que ideia essa conjunção exprime nessa situação?

d)     No segundo quadrinho há uma oração subordinativa final. Transcreva-a.

     5. Nas frases a seguir, identifique as conjunções e a ideia que cada uma expressa.
a)      Assim que saímos da escola, começou a chuva.

b)      Embora fizesse muito calor, os foliões não deixavam as ruas do Recife.

c)      O show no Marco Zero começou à tarde, conforme havia programado.

d)     Os camarotes no Galo da Madrugada estavam tão cheios, que as pessoas não conseguiam dançar.


3 comentários: